infoestaciocf | 1 Sep 15:02 2007
Picon

Nova pesquisa de opinião para infoestaciocf


Deposite seu voto hoje! Verifique a nova pesquisa de opinião do grupo infoestaciocf:

Qual assunto mais lhe interessa para uma Pós-Gradução?
Não deixem de votar, administração ja terá curso de pós, vamos correr atrás de uma para nós de informática também...

o Gerência de Projetos
o Redes
o Banco de Dados
o Linguagens de Programação
o Orientação a Objetos
o Segurança
o Outros

Para votar, visite a seguinte web page:

http://br.groups.yahoo.com/group/infoestaciocf/polls

Nota: Não responda a esta mensagem. Votos de pesquisas não são coletados por e-mail. Para votar, é preciso ir ao site do Yahoo! Grupos listado acima.

Obrigado!

__._,_.___
Atividade nos últimos dias
Visite seu Grupo
Yahoo! Mail

Conecte-se ao mundo

Proteção anti-spam

Muito mais espaço

Yahoo! Barra

Instale grátis

Buscar sites na web

Checar seus e-mails .

Yahoo! Grupos

Crie seu próprio grupo

A melhor forma de comunicação

.

__,_._,___
Rodrigo Nunes | 2 Sep 00:18 2007
Picon

Res: Res: Res: Res: Res: Res: [infoestaciocf] Re: 1º periodo sistemas de informação

Usamos php5 apache 2.0 em ambiente linux

----- Mensagem original ----
De: flávio Nogueira da Costa <flavioramister <at> hotmail.com>
Para: infoestaciocf <at> yahoogrupos.com.br
Enviadas: Quarta-feira, 29 de Agosto de 2007 23:39:46
Assunto: RE: Res: Res: Res: Res: Res: [infoestaciocf] Re: 1º periodo sistemas de informação

Concordo com vc rodrigo, se focarmos no processo de construcao e na qualidade, podemos fazer otimos sistemas. Por falar nisso! O que vc desenvolve em PHP? usa php4 ou 5?

Gostaria que Rafael Rossi, Berrondo e Rodigo Nunes mandassem seus msn para mantermos contatos direto. Vlw

From: Rodrigo Nunes <rvndobrasil <at> yahoo.com. br>
Reply-To: infoestaciocf <at> yahoogrupos. com.br
To: infoestaciocf <at> yahoogrupos. com.br
Subject: Res: Res: Res: Res: Res: [infoestaciocf] Re: 1º periodo sistemas de informação
Date: Tue, 28 Aug 2007 21:03:02 -0700 (PDT)

Desenvolvo em conjunto com mais 6 pessoas um sistema php.
Pessoalmente não gosto muito dele do php, mas não me importo muito com isso.
Porque php é uma ferramenta que apoiada em uma metodologia, tem menos importância do que o processo de construção de um software e o meu foco na qualidade.(rsrsr. .acho que tenho aula com henrique).
 
abraço

----- Mensagem original ----
De: flávio Nogueira da Costa <flavioramister <at> hotmail.com>
Para: infoestaciocf <at> yahoogrupos. com.br
Enviadas: Terça-feira, 28 de Agosto de 2007 22:23:09
Assunto: RE: Res: Res: Res: Res: [infoestaciocf] Re: 1º periodo sistemas de informação

Bem...na verdade eu prefiro mais uma praia com uma cerveja do lado e um monte de mulher gata rsrsrs... isso sim que é PROGRAMAO rsrsrs...

Concordo com o rafael ...HIMEM ta brabo mesmo rsrs... (tinha que ser o guilherme rsrs)

Brincadeiras a parte, concordo com o Rafael ... nós precisamos ir onde o mercado precisa ne! afinal é ele que pagas nossas contas no final do mes... mas vou comprar uns livrinhos novos ... como Python , 3DS, etc etc...

Eu desenvolvi 2 sistemas em PHP com POSTGRESQL que estao rodando muito bem e sem dores de cabeca... quem sabe o proximo faco em Python de tanto que o Claudio está "evangelizando" rsrsrs...

 

abcs a todos



 

From: Cláudio Berrondo <fernandoberrondo <at> yahoo.com. br>
Reply-To: infoestaciocf <at> yahoogrupos. com.br
To: infoestaciocf <at> yahoogrupos. com.br
Subject: Res: Res: Res: Res: [infoestaciocf] Re: 1º periodo sistemas de informação
Date: Tue, 28 Aug 2007 17:17:13 -0700 (PDT)

ORM? Aplicação web? CRUD? SQLess?...

então você definitivamente precisa conhecer o Zope, especialmente o 3 e coisas como o Grok!

tipoassim: Django, TurboGears, Ruby on Rails, você já experimentou? Grok + Zope3 é tudo isso mais o ZODB, um banco OO! ;-)

vai lá em Joinville, vão falar um bocado disso tudo lá.. a gente se vê lá!
 

:><º>Cláudio Berrondo.


----- Mensagem original ----
De: Guilherme Rafael <gui.info <at> gmail. com>
Para: infoestaciocf <at> yahoogrupos. com.br
Enviadas: Terça-feira, 28 de Agosto de 2007 15:09:51
Assunto: Re: Res: Res: Res: [infoestaciocf] Re: 1º periodo sistemas de informação

Ta tomando um rumo legal isso ai hein.... srsrrsrs Gafanhotos, Mestre Splinter, Só falta agora o Himen e o Esqueleto... rsrsrsrrsrs

Bom falando em ferramentas e tal.

Aqui na empresa onde trabalho, uso Delphi quando preciso gerar relatórios de forma rápida, afinal, se falando em velocidade, acho dificil encontrar ferramenta mais veloz que essa, e PHP quando preciso desenvolver algo para estar disponível a todas as lojas. Mais ultimamente venho esperimentando o "poder" do netbeans, Toplink - framework da oracle para ORM - e iReport para gerar relatórios (que fala sério, o negócim show esse) em diversos formatos e em poucos minutos.
Falando em ORM, num podiam ter inventado algo melhor para o desenvolvimento de software, pois com ele nos preocupamos basicamente com a lógica de negócio. INSERT, DELETE, UPDATE... SQL???? esquece isso minimo.... rsrsrs num precisa disso não... é só mandar persistir e pronto, deixa que o framework se vira. Outra vantagem é a independencia de banco de dados.
Ah... num sei se vcs ja sabem, mais o netbeans em sua versão 6.0 que ta quase saindo do forno, vai vir com umas molezinhas.. . tipo delphi para criar CRUD.

Abraços a todos

Guilherme

Em 28/08/07, flávio Nogueira da Costa <flavioramister <at> hotmail.com> escreveu:

Pq gafanhoto? rsrs...

mas claro que ja vi o poder do python, eu apenas nao tive tempo de estuda-lo
a fundo como vc ... ultimamente so to tendo tempo p dormir rsrsrs... mas
claro que ja vi python no Shrek 3, jogos e simulacoes cientificas. .. acho q
devemos aprender de tudo... e ai no seu trampo, vc desenvolve o que no INPI?
Quais ferramentas utiliza??? Vamos compartilhar as vivencias tb...

Abracos mestre Splinter rsrs...

>From: Cláudio Berrondo <fernandoberrondo <at> yahoo.com. br>
>Reply-To: infoestaciocf <at> yahoogrupos. com.br
>To: infoestaciocf <at> yahoogrupos. com.br
>Subject: Res: Res: Res: [infoestaciocf] Re: 1º periodo sistemas de
>informação
>Date: Tue, 28 Aug 2007 06:57:03 -0700 (PDT)
>
>Oba!
>
>você disse a palavra chave, gafanhoto: Python cabe no seu cérebro!
>
>é porque você não experimentou ainda...
>
>mas vai experimentar, já que estás indo fundo em CG, 3D animação e games,
>você vai ver!...
>
>ainda não caiu a ficha na galera do que é de fato uma linguagem dinâmica,
>mas o dia tá chegando!
>
>
>abraço!
>:><º>Cláudio Berrondo.
>
>----- Mensagem original ----
>De: flávio Nogueira da Costa <flavioramister <at> hotmail.com>
>Para: infoestaciocf <at> yahoogrupos. com.br
>Enviadas: Terça-feira, 28 de Agosto de 2007 0:46:07
>Assunto: RE: Res: Res: [infoestaciocf] Re: 1º periodo sistemas de
>informação
>
>
>
>
>
>
>
>
>
>
>
>
>
>
>Bem Allan,
>
>Eu acho q PHP é salvação sim!!! assim como Python tb é... Java, ASP, e ate
>aquela gambiarra que vc venha a usar rsrs (brincadeira) ... no final das
>contas, vc tem que estudar o q gosta, o que mais te faz bem, o que é melhor
>p seu cerebro assimilar... enfim, berrondo ama python, o professor henrique
>ama java e ruby, ferronato php, entre outros...e todos eles sao bons no que
>fazem...pq fazem o que é bom p eles...
>
>Logo no final da faculdade, muitos colegas falavam que eu era doido, pq so
>falava de computacao grafica, animacao, etc rsrs... hoje estamos vendo a
>crescente ascenção do mundo 3D..e veremos daqui a 3 ou 5 anos....vai ser "O
>JAVA", onde alguns estarão tirando seus 3000 ou 5000 reais...outros nao
>estarão ganhando nada.... enfim! SEJA BOM NO QUE FAZ! SIRVA A SI MESMO! E O
>GANHO VEM COM O TEMPO E DEDICAÇÃO!
>
>e deixo uma equação p vc, daí vc codifica pra PHP, JAVA, ASP, PYTHON ou qq
>coisa:
>
>INTENÇÃO - AÇÃO = NADA
>
>ou seja, em todas as linguagens vai retornar NADA, NULL, 0, etc...
>
>Abracos ...see you
>
>
>
>
>
>
>
>
>
>From: Cláudio Berrondo <fernandoberrondo <at> yahoo.com. br>
>Reply-To: infoestaciocf <at> yahoogrupos. com.br
>To: infoestaciocf <at> yahoogrupos. com.br
>Subject: Res: Res: [infoestaciocf] Re: 1º periodo sistemas de informação
>Date: Mon, 27 Aug 2007 19:50:59 -0700 (PDT)
>
>
>
>
>
>
>
>
>Quando descobrires Python, descobrirás que PHP não *era* a salvação...
>
>kkkkk
>
> >>> 2 .__add__(2)
>4
>
>nome = Allan
>for letra in nome: print letra
>A
>l
>l
>a
>n
>
>
>:><º>Cláudio Berrondo.
>
>
>
>----- Mensagem original ----
>De: allanmanecf <allanmanecf <at> yahoo.com. br>
>Para: infoestaciocf <at> yahoogrupos. com.br
>Enviadas: Segunda-feira, 27 de Agosto de 2007 23:08:51
>Assunto: Res: [infoestaciocf] Re: 1º periodo sistemas de informação
>
>
>
>Vlw galera ;D
>
>Po Rafael, como eu gosto da area de webdesigner eu fui só evoluindo,
>html, javascript, css, asp, dhtml, até que conheci a salvação "O PHP"
>hauhauahua
>que tem a base né, da maioria das outras linguagens de programação...
>
>abraço...
>--- Em infoestaciocf <at> yahoogrupos. com.br, Rafael Rossi
><rafaelmelorossi <at> ...> escreveu
> >
> > Fala Allan,
> >
> > Qual linguagem você se interessa??
> >
> >
> > --- Rodrigo Nunes <rvndobrasil <at> ...> escreveu:
> >
> > > Bem vindo e boa sorte!
> > > não se preocupe, com o tempo a prática retonar.
> > >
> > >
> > >
> > > ----- Mensagem original ----
> > > De: allanmanecf <allanmanecf <at> ...>
> > > Para: infoestaciocf <at> yahoogrupos. com.br
> > > Enviadas: Segunda-feira, 27 de Agosto de 2007
> > > 14:17:17
> > > Assunto: [infoestaciocf] Re: 1º periodo sistemas de
> > > informação
> > >
> > > Muito Obrigado =]
> > >
> > > Bem, sou morador de Cabo Frio mesmo, sempre gostei
> > > de informática desde
> > > de que vi um PC pela primeira vez... já fiz vários
> > > cursos técnicos, mas
> > > a maioria voltada mais pra area de hardware, que não
> > > tenho muita
> > > paciencia xP
> > > Meu negocio é programação, design e etc... mas
> > > devido a falta de
> > > prática eu estou BEM enferrujado. .. mas acho que
> > > vou me dar bem nesse
> > > curso, me desejem boa sorte \o/
> > >
> >
> > bem, é isso...
> > >
> > > abraço a todos
> > >
> > > --- Em infoestaciocf <at> yahoogrupos. com.br, Rafael
> > > Rossi
> > > <rafaelmelorossi <at> ...> escreveu
> > > >
> > > > Fala Allan,
> > > >
> > > > Bem vindo!!! Também esperamos aprender com
> > > > você....
> > > >
> > > > Fale um pouco mais de você para o grupo,
> > > >
> > > > Abração,
> > >
> > >
> > >
> > >
> > >
> > > Flickr agora em português. Você clica, todo
> > > mundo vê.
> > > http://www.flickr. com.br/
> >
> >
> > Rafael de Melo Rossi
> > rafaelmelorossi <at> ...
> > Cel: (21)8874-5827
> > Msn: rafaelmrossi <at> ...
> >
> > Ajude a
>Wikipedia http://www.wikipedi a.org
> >
> >
> > Flickr agora em português. Você clica, todo mundo vê.
> > http://www.flickr. com.br/
> >
>
>
>
>
>
>
>
>
>Flickr agora em português. Você clica, todo mundo vê. Saiba mais.
>
>
>
>
>
>
>
>
>
>
>
>
>
>Torpedo Messenger- Envie torpedos do messenger para o celular da galera.
>Descubra como aqui!
>
>
>
>
>
>
>
>
>
>
>
><!--
>
>#ygrp-mkp{
>border:1px solid #d8d8d8;font- family:Arial; margin:14px 0px;padding: 0px
>14px;}
>#ygrp-mkp hr{
>border:1px solid #d8d8d8;}
>#ygrp-mkp #hd{
>color:#628c2a; font-size: 85%;font- weight:bold; line-height: 122%;margin: 10px
>0px;}
>#ygrp-mkp #ads{
>margin-bottom: 10px;}
>#ygrp-mkp .ad{
>padding:0 0;}
>#ygrp-mkp .ad a{
>color:#0000ff; text-decoration: none;}
>-->
>
>
>
><!--
>
>#ygrp-sponsor #ygrp-lc{
>font-family: Arial;}
>#ygrp-sponsor #ygrp-lc #hd{
>margin:10px 0px;font-weight: bold;font- size:78%; line-height: 122%;}
>#ygrp-sponsor #ygrp-lc .ad{
>margin-bottom: 10px;padding: 0 0;}
>-->
>
>
>
><!--
>
>#ygrp-mlmsg {font-size:13px; font-family: arial, helvetica, clean,
>sans-serif;}
>#ygrp-mlmsg table {font-size:inherit; font:100% ;}
>#ygrp-mlmsg select, input, textarea {font:99% arial, helvetica, clean,
>sans-serif;}
>#ygrp-mlmsg pre, code {font:115% monospace;}
>#ygrp-mlmsg * {line-height: 1.22em;}
>#ygrp-text{
>font-family: Georgia;
>}
>#ygrp-text p{
>margin:0 0 1em 0;}
>#ygrp-tpmsgs{
>font-family: Arial;
>clear:both;}
>#ygrp-vitnav{
>padding-top: 10px;font- family:Verdana; font-size: 77%;margin: 0;}
>#ygrp-vitnav a{
>padding:0 1px;}
>#ygrp-actbar{
>clear:both;margin: 25px 0;white-space: nowrap;color: #666;text- align:right; }
>#ygrp-actbar .left{
>float:left;white- space:nowrap; }
>.bld{font-weight: bold;}
>#ygrp-grft{
>font-family: Verdana;font- size:77%; padding:15px 0;}
>#ygrp-ft{
>font-family: verdana;font- size:77%; border-top: 1px solid #666;
>padding:5px 0;
>}
>#ygrp-mlmsg #logo{
>padding-bottom: 10px;}
>
>#ygrp-vital{
>background-color: #e0ecee;margin- bottom:20px; padding:2px 0 8px 8px;}
>#ygrp-vital #vithd{
>font-size:77% ;font-family: Verdana;font- weight:bold; color:#333; text-transform: uppercase; }
>#ygrp-vital ul{
>padding:0;margin: 2px 0;}
>#ygrp-vital ul li{
>list-style-type: none;clear: both;border: 1px solid #e0ecee;
>}
>#ygrp-vital ul li .ct{
>font-weight: bold;color: #ff7900;float: right;width: 2em;text- align:right; padding-right: .5em;}
>#ygrp-vital ul li .cat{
>font-weight: bold;}
>#ygrp-vital a{
>text-decoration: none;}
>
>#ygrp-vital a:hover{
>text-decoration: underline; }
>
>#ygrp-sponsor #hd{
>color:#999;font- size:77%; }
>#ygrp-sponsor #ov{
>padding:6px 13px;background- color:#e0ecee; margin-bottom: 20px;}
>#ygrp-sponsor #ov ul{
>padding:0 0 0 8px;margin:0; }
>#ygrp-sponsor #ov li{
>list-style-type: square;padding: 6px 0;font-size: 77%;}
>#ygrp-sponsor #ov li a{
>text-decoration: none;font- size:130% ;}
>#ygrp-sponsor #nc{
>background-color: #eee;margin- bottom:20px; padding:0 8px;}
>#ygrp-sponsor .ad{
>padding:8px 0;}
>#ygrp-sponsor .ad #hd1{
>font-family: Arial;font- weight:bold; color:#628c2a; font-size: 100%;line- height:122% ;}
>#ygrp-sponsor .ad a{
>text-decoration: none;}
>#ygrp-sponsor .ad a:hover{
>text-decoration: underline; }
>#ygrp-sponsor .ad p{
>margin:0;}
>o{font-size: 0;}
>.MsoNormal{
>margin:0 0 0 0;}
>#ygrp-text tt{
>font-size:120% ;}
>blockquote{margin: 0 0 0 4px;}
>.replbq{margin: 4;}
>-->
>
>
>
>
>
>
>
>
> Flickr agora em português. Você clica, todo mundo vê.
>http://www.flickr. com.br/

____________ _________ _________ _________ _________ _________ _
Descubra como mandar Torpedos SMS do seu Messenger para o celular dos seus
amigos. http://mobile. msn.com/




--
Atenciosamente

Guilherme de Jesus Rafael
Analista de Sistemas
Desenvolvedor PHP / Delphi / Java
    
gui.info <at> gmail. com


Flickr agora em português. Você clica, todo mundo vê. Saiba mais.



Torpedo Messenger- Envie torpedos do messenger para o celular da galera. Descubra como aqui!


Flickr agora em português. Você clica, todo mundo vê. Saiba mais.



Mande Torpedos do seu messsenger para o celular da galera! Clique aqui e descubra como!


Flickr agora em português. Você clica, todo mundo vê. Saiba mais.
__._,_.___
Atividade nos últimos dias
Visite seu Grupo
Yahoo! Mail

Conecte-se ao mundo

Proteção anti-spam

Muito mais espaço

Yahoo! Barra

Instale grátis

Buscar sites na web

Checar seus e-mails .

Yahoo! Grupos

Crie seu próprio grupo

A melhor forma de comunicação

.

__,_._,___
Claudia Pessanha | 2 Sep 19:24 2007
Picon

YouTube científico

YouTube científico disponibiliza vídeos de pesquisas, palestras e documentários

Thiago Romero
Agência FAPESP
31/08/2007

Uma nova plataforma de gerenciamento e transmissão de vídeos, desenvolvida pela equipe do Laboratório de Arquitetura e Redes de Computadores (Larc) da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), foi implantada na Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).

YouTube científico

A ferramenta, chamada de Vídeo <at> RNP, permite a distribuição gratuita de vídeos sobre atividades de ensino e pesquisa realizadas em todo o Brasil. Os conteúdos multimídias podem ser inseridos e acessados pela internet a partir de ferramentas de armazenamento, busca, indexação e transmissão.

Antes de criar a plataforma, os pesquisadores envolvidos com o projeto fizeram um levantamento dos vídeos acadêmicos disponíveis na internet. "Em uma vista rápida a sites como o YouTube, é possível encontrar alunos de universidades brasileiras mostrando seus experimentos em laboratório", disse Regina Melo Silveira, coordenadora do Grupo de Trabalho de Gerência de Vídeo (GTGV) do Larc e responsável pelo desenvolvimento da plataforma, à Agência FAPESP.

Vídeos sérios

"Esse tipo de vídeo não é produzido por diversão e sim para demonstrar resultados de pesquisas. Por isso, resolvemos criar uma ferramenta específica para tal tipo de divulgação", explicou a professora, destacando que o Vídeo <at> RNP foi inicialmente concebido para suprir as necessidades do setor acadêmico.

"Mas, até o fim do ano, pretendemos distribuí-lo como software livre para que fique à disposição e seja personalizado por qualquer instituição de ensino e pesquisa no país, pública ou privada", disse Regina.

Vídeos com palestras e documentários

Ao se cadastrar no sistema atual, que disponibiliza vídeos como palestras e documentários, além de permitir a transmissão ao vivo de eventos, o usuário pode personalizar um ambiente de acordo com suas necessidades. O sistema é dividido basicamente em vídeos públicos, que podem ser vistos por qualquer usuário, e vídeos privados, restritos a comunidades específicas de usuários cadastrados.

"Imagine um grupo de pesquisas em medicina que tem vídeos de operações médicas que não podem ser divulgados abertamente, por exemplo. Esses vídeos ficam em um ambiente voltado às pessoas que integram o grupo", explicou Regina.

Acesso controlado

Segundo a coordenadora do GTGV, o cadastramento de vídeos na plataforma é controlado. "Apesar de todos os vídeos poderem ser visualizados livremente, a RNP está em fase de criação de uma política de controle para a inserção dos vídeos na plataforma."

Ao todo, sete servidores estão disponíveis para gerenciar a distribuição dos vídeos e, segundo ela, a RNP deverá expandir essa infra-estrutura para mais de 20 servidores, "de modo que todos os pontos de presença da rede espalhados pelo território nacional tenham pelo menos um servidor de vídeo para essa finalidade".

O projeto dos servidores de transmissão é conduzido em parceria com docentes da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O Vídeo <at> RNP também deverá ser personalizado, nos próximos meses, para o portal da USP, onde serão armazenados vídeos do acervo científico, educacional, cultural e histórico da universidade.

Retirado de: Inovação Tecnológica

--
<at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at>             

           - = Claudia Pessanha = -

Skype: Claudiapessanha
MSN: claudia-pessanha <at> hotmail.com
Gmail: claudiapessanha <at> gmail.com
Orkut: Claudia Pessanha

<at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at>
__._,_.___
Atividade nos últimos dias
Visite seu Grupo
Yahoo! Mail

Conecte-se ao mundo

Proteção anti-spam

Muito mais espaço

Yahoo! Barra

Instale grátis

Buscar sites na web

Checar seus e-mails .

Yahoo! Grupos

Crie seu próprio grupo

A melhor forma de comunicação

.

__,_._,___
Claudia Pessanha | 2 Sep 19:40 2007
Picon

Google Sky já para download

 Google Sky já para download


Agora o Google se superou ! Esteja preparado para viajar entre as galáxias e estrelas mais distantes. Explorar planetas e ver maravilhosas imagens de um lugar que não temos noção de como seja.

Achou que eu pirei? Não, o grande G lançou o Google Sky , que lhe permite navegar como o Google Earth, só que agora pelas estrelas desse universo de nossos deuses. Ou de meu Deus?


link para o Google Sky:
http://earth.google.com/sky/skyedu.html

fonte:
Sopojo


--
<at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at>             

           - = Claudia Pessanha = -

Skype: Claudiapessanha
MSN: claudia-pessanha <at> hotmail.com
Gmail: claudiapessanha <at> gmail.com
Orkut: Claudia Pessanha

<at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at>
__._,_.___
Atividade nos últimos dias
Visite seu Grupo
Yahoo! Mail

Conecte-se ao mundo

Proteção anti-spam

Muito mais espaço

Yahoo! Barra

Instale grátis

Buscar sites na web

Checar seus e-mails .

Yahoo! Grupos

Crie seu próprio grupo

A melhor forma de comunicação

.

__,_._,___
Claudia Pessanha | 2 Sep 22:46 2007
Picon

Tutorial em video para configurar variaveis de ambiente

Galera,

rodando pela net, sem querer encontrei esse tutorial que ensina a setar as variaveis de ambiente para que vc possa utilizar Java no sua máquina.

Vale apena dar uma olhada:

Tutorial

Bjinhusssss.

--
<at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at>             

           - = Claudia Pessanha = -

Skype: Claudiapessanha
MSN: claudia-pessanha <at> hotmail.com
Gmail: claudiapessanha <at> gmail.com
Orkut: Claudia Pessanha

<at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at>

__._,_.___
Atividade nos últimos dias
Visite seu Grupo
Yahoo! Mail

Conecte-se ao mundo

Proteção anti-spam

Muito mais espaço

Yahoo! Barra

Instale grátis

Buscar sites na web

Checar seus e-mails .

Yahoo! Grupos

Crie seu próprio grupo

A melhor forma de comunicação

.

__,_._,___
Roque | 2 Sep 23:28 2007
Picon

Oferta de emprego

Boa noite,

Ofereço uma vaga de emprego para programadores delphi + SQL que tenham
alguma experiencia.
O salário inicial é de 700 reais com carteira assinada + transporte e
refeição em uma empresa com uma filial situada em São Pedro da Aldeia.
A empresa é filiada a fábrica de software do Rio Grande do Sul e há
possibilidade de crescimento.
O contrato inicial é de um ano que poderá ser renovado por tempo
indefinido dependendo do trabalho realizado.
Aos interessados enviem com urgencia um e-mail para
f.rosenhaim <at> gmail.com com o curriculo.

Atenciosamente

Roberto e Fernanda Rosenhaim

__._,_.___
Atividade nos últimos dias
Visite seu Grupo
Yahoo! Mail

Conecte-se ao mundo

Proteção anti-spam

Muito mais espaço

Yahoo! Barra

Instale grátis

Buscar sites na web

Checar seus e-mails .

Yahoo! Grupos

Crie seu próprio grupo

A melhor forma de comunicação

.

__,_._,___
presley_elm | 3 Sep 01:23 2007
Picon

Web 3.0

http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u21656.shtml

Internet prepara-se para era da Web 3.0, com buscas avançadas
Publicidade
SÉRGIO DÁVILA
da Folha de S.Paulo, em Washington

Há algumas semanas, o Netflix, o serviço de aluguel de DVD por
correio mais popular dos EUA, publicou um anúncio que chamava a
atenção não só pelo valor envolvido, mas pelo desafio proposto. A
empresa de Los Gatos, no Vale do Silício californiano, prometia dar
US$ 1 milhão a quem desenvolver um método de busca mais eficiente do
que o usado hoje.

Atualmente, o cliente que buscar no site da Netflix "Os Infiltrados",
de Martin Scorsese, por exemplo, e decidir alugá-lo receberá a
sugestão de levar também "Gangues de Nova York", "O
Aviador", "Cassino" e "Os Bons Companheiros" (do mesmo diretor)
e "The Good Shepherd" e "A Supremacia Bourne" (ambos com Matt Damon,
ator de "Os Infiltrados").

A empresa considera que o atual mecanismo de busca é algo básico e
primário. Propõe pagar mais de R$ 2,2 milhões a quem conseguir um
algoritmo mais sofisticado. Quem procura "Os Infiltrados", violento
longa policial indicado ao Oscar de domingo, pode se interessar por
quais outros filmes? E se essa pessoa é um homem, de entre 30 e 40
anos, casado, morador de Washington (todos dados que a Netflix já
possui)?

Mais: e se o cliente não dá a informação inicial ("Os Infiltrados"),
mas descreve vagamente o que procura ("filme violento", "diretor
consagrado", "baseado em Boston", "refilmagem de título oriental")?

O que empresas como a Netflix, mas também gigantes como a IBM e a
Google, procuram é uma resposta a isso.

"A resposta", disse à Folha Nova Spivack, "é a Web 3.0". O termo,
segundo o norte-americano, considerado o principal autor em semântica
da rede, foi empregado pela primeira vez pelo jornalista John
Markoff, num artigo do "New York Times" e logo incorporado e
rejeitado com igual ardor pela comunidade virtual. (leia entrevista)

Seria a terceira onda. A primeira, Web 1.0, foi a implantação e
popularização da rede em si; a Web 2.0 é a que o mundo vive hoje, em
que os mecanismos de busca como Google e os sites de colaboração do
internauta, como Wikipedia e YouTube, dão as cartas. A Web 3.0 seria
a organização e o uso de maneira mais inteligente de todo o
conhecimento já disponível na Internet.

De que maneira? Daniel Gruhl, um dos diretores do Almaden IBM
Research Center, exemplifica. Até agora, disse ele à Folha, a rede é
como uma lista telefônica com bilhões de páginas. Um mecanismo de
busca como o Google permite que o usuário pesquise o conteúdo de cada
página --todos os Silva, para ficar na metáfora da lista-- e mesmo
utilize a "busca avançada" para restringir um pouco mais os
resultados --todos os Silva de São Paulo.

"A Web 3.0 organiza e agrupa essas páginas, por temas, assuntos e
interesses previamente expressos pelo internauta", afirma Gruhl --
todos os Silva que torcem para o Corinthians, votaram no PSDB e são
alérgicos a frutos-do-mar, digamos. Embora a tecnologia ainda esteja
na fase de pesquisa, suas possibilidades comerciais são infinitas. E
as empresas não estão cegas para isso.

Uma das provas é o próprio centro do qual Gruhl faz parte. Baseado em
San José, também no Vale do Silício californiano, tem como função
encontrar novos usos comerciais para a rede de computadores e prever
quais serão as próximas tendências, os novos YouTube, por exemplo.
Gruhl, um Ph.D. em engenharia eletrônica do MIT, é especializado
em "compreensão das máquinas".

Tanto esse aspecto futurista das pesquisas quanto o próprio termo Web
3.0 são responsáveis pelo maior volume de crítica que a iniciativa
recebe. A principal reação vem, obviamente, da blogosfera. Nos
diários virtuais de especialistas detratores, a crítica mais comum é
a de que "Web 3.0" nada mais é do que a tentativa de empacotar num
termo "vendável" algo que ainda nem existe. "Eu aposto que o futuro é
mais "inteligência humana" do que "inteligência artificial'",
escreveu o expert Ross Mayfield.

Pesquisa divulgada no início da semana pela Weber Shandwick, uma
unidade da Interpublic Group, uma das maiores empresas de publicidade
e marketing do mundo, mostra que tais críticas não são unânimes.
Segundo o levantamento, 86% dos 104 executivos das maiores empresas
americanas ouvidos acreditam que a inovação trazida pela Web 3.0 será
o setor que mais ganhará importância ao longo de 2007.

"O surgimento do consumidor com mais poder significa que as
companhias não podem mais simplesmente falar de inovação como uma
estratégia do futuro", disse Billee Howard, do planejamento da Weber
Shandwick. "As empresas precisam procurar novas maneiras de implantar
isso".

__._,_.___
Atividade nos últimos dias
Visite seu Grupo
Yahoo! Mail

Conecte-se ao mundo

Proteção anti-spam

Muito mais espaço

Yahoo! Barra

Instale grátis

Buscar sites na web

Checar seus e-mails .

Yahoo! Grupos

Crie seu próprio grupo

A melhor forma de comunicação

.

__,_._,___
Rodrigo Nunes | 3 Sep 02:50 2007
Picon

Res: Web 3.0

Gostei do artigo! mandou bem rei do rock!
 
mas esse trecho achei que merece reflexão:
"Eu aposto que o futuro é
mais "inteligência humana" do que "inteligência artificial'" ,
escreveu o expert Ross Mayfield.
ou será só uma opinião dele baseado em nenhum dado concreto?
 
abraço

----- Mensagem original ----
De: presley_elm <presley_elm <at> yahoo.com.br>
Para: infoestaciocf <at> yahoogrupos.com.br
Enviadas: Domingo, 2 de Setembro de 2007 20:23:03
Assunto: [infoestaciocf] Web 3.0

http://www1. folha.uol. com.br/folha/ informatica/ ult124u21656. shtml

Internet prepara-se para era da Web 3.0, com buscas avançadas
Publicidade
SÉRGIO DÁVILA
da Folha de S.Paulo, em Washington

Há algumas semanas, o Netflix, o serviço de aluguel de DVD por
correio mais popular dos EUA, publicou um anúncio que chamava a
atenção não só pelo valor envolvido, mas pelo desafio proposto. A
empresa de Los Gatos, no Vale do Silício californiano, prometia dar
US$ 1 milhão a quem desenvolver um método de busca mais eficiente do
que o usado hoje.

Atualmente, o cliente que buscar no site da Netflix "Os Infiltrados" ,
de Martin Scorsese, por exemplo, e decidir alugá-lo receberá a
sugestão de levar também "Gangues de Nova York", "O
Aviador", "Cassino" e "Os Bons Companheiros" (do mesmo diretor)
e "The Good Shepherd" e "A Supremacia Bourne" (ambos com Matt Damon,
ator de "Os Infiltrados" ).

A empresa considera que o atual mecanismo de busca é algo básico e
primário. Propõe pagar mais de R$ 2,2 milhões a quem conseguir um
algoritmo mais sofisticado. Quem procura "Os Infiltrados" , violento
longa policial indicado ao Oscar de domingo, pode se interessar por
quais outros filmes? E se essa pessoa é um homem, de entre 30 e 40
anos, casado, morador de Washington (todos dados que a Netflix já
possui)?

Mais: e se o cliente não dá a informação inicial ("Os Infiltrados" ),
mas descreve vagamente o que procura ("filme violento", "diretor
consagrado", "baseado em Boston", "refilmagem de título oriental")?

O que empresas como a Netflix, mas também gigantes como a IBM e a
Google, procuram é uma resposta a isso.

"A resposta", disse à Folha Nova Spivack, "é a Web 3.0". O termo,
segundo o norte-americano, considerado o principal autor em semântica
da rede, foi empregado pela primeira vez pelo jornalista John
Markoff, num artigo do "New York Times" e logo incorporado e
rejeitado com igual ardor pela comunidade virtual. (leia entrevista)

Seria a terceira onda. A primeira, Web 1.0, foi a implantação e
popularização da rede em si; a Web 2.0 é a que o mundo vive hoje, em
que os mecanismos de busca como Google e os sites de colaboração do
internauta, como Wikipedia e YouTube, dão as cartas. A Web 3.0 seria
a organização e o uso de maneira mais inteligente de todo o
conhecimento já disponível na Internet.

De que maneira? Daniel Gruhl, um dos diretores do Almaden IBM
Research Center, exemplifica. Até agora, disse ele à Folha, a rede é
como uma lista telefônica com bilhões de páginas. Um mecanismo de
busca como o Google permite que o usuário pesquise o conteúdo de cada
página --todos os Silva, para ficar na metáfora da lista-- e mesmo
utilize a "busca avançada" para restringir um pouco mais os
resultados --todos os Silva de São Paulo.

"A Web 3.0 organiza e agrupa essas páginas, por temas, assuntos e
interesses previamente expressos pelo internauta", afirma Gruhl --
todos os Silva que torcem para o Corinthians, votaram no PSDB e são
alérgicos a frutos-do-mar, digamos. Embora a tecnologia ainda esteja
na fase de pesquisa, suas possibilidades comerciais são infinitas. E
as empresas não estão cegas para isso.

Uma das provas é o próprio centro do qual Gruhl faz parte. Baseado em
San José, também no Vale do Silício californiano, tem como função
encontrar novos usos comerciais para a rede de computadores e prever
quais serão as próximas tendências, os novos YouTube, por exemplo.
Gruhl, um Ph.D. em engenharia eletrônica do MIT, é especializado
em "compreensão das máquinas".

Tanto esse aspecto futurista das pesquisas quanto o próprio termo Web
3.0 são responsáveis pelo maior volume de crítica que a iniciativa
recebe. A principal reação vem, obviamente, da blogosfera. Nos
diários virtuais de especialistas detratores, a crítica mais comum é
a de que "Web 3.0" nada mais é do que a tentativa de empacotar num
termo "vendável" algo que ainda nem existe. "Eu aposto que o futuro é
mais "inteligência humana" do que "inteligência artificial'" ,
escreveu o expert Ross Mayfield.

Pesquisa divulgada no início da semana pela Weber Shandwick, uma
unidade da Interpublic Group, uma das maiores empresas de publicidade
e marketing do mundo, mostra que tais críticas não são unânimes.
Segundo o levantamento, 86% dos 104 executivos das maiores empresas
americanas ouvidos acreditam que a inovação trazida pela Web 3.0 será
o setor que mais ganhará importância ao longo de 2007.

"O surgimento do consumidor com mais poder significa que as
companhias não podem mais simplesmente falar de inovação como uma
estratégia do futuro", disse Billee Howard, do planejamento da Weber
Shandwick. "As empresas precisam procurar novas maneiras de implantar
isso".



Flickr agora em português. Você clica, todo mundo vê. Saiba mais.
__._,_.___
Atividade nos últimos dias
Visite seu Grupo
Yahoo! Mail

Conecte-se ao mundo

Proteção anti-spam

Muito mais espaço

Yahoo! Barra

Instale grátis

Buscar sites na web

Checar seus e-mails .

Yahoo! Grupos

Crie seu próprio grupo

A melhor forma de comunicação

.

__,_._,___
Rodrigo Nunes | 3 Sep 02:51 2007
Picon

Res: [infoestaciocf] Google Sky já para download

Nem o universo é o limite pra google!
 
abraço

----- Mensagem original ----
De: Claudia Pessanha <thesmattering <at> yahoo.com.br>
Para: infoestaciocf <at> yahoogrupos.com.br
Enviadas: Domingo, 2 de Setembro de 2007 14:40:40
Assunto: [infoestaciocf] Google Sky já para download

 Google Sky já para download


Agora o Google se superou ! Esteja preparado para viajar entre as galáxias e estrelas mais distantes. Explorar planetas e ver maravilhosas imagens de um lugar que não temos noção de como seja.

Achou que eu pirei? Não, o grande G lançou o Google Sky , que lhe permite navegar como o Google Earth, só que agora pelas estrelas desse universo de nossos deuses. Ou de meu Deus?


link para o Google Sky:
http://earth. google.com/ sky/skyedu. html

fonte:
Sopojo


--
<at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at>             

           - = Claudia Pessanha = -

Skype: Claudiapessanha
MSN: claudia-pessanha <at> hotmail.com
Gmail: claudiapessanha <at> gmail.com
Orkut: Claudia Pessanha

<at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at>


Flickr agora em português. Você clica, todo mundo vê. Saiba mais.
__._,_.___
Atividade nos últimos dias
Visite seu Grupo
Yahoo! Mail

Conecte-se ao mundo

Proteção anti-spam

Muito mais espaço

Yahoo! Barra

Instale grátis

Buscar sites na web

Checar seus e-mails .

Yahoo! Grupos

Crie seu próprio grupo

A melhor forma de comunicação

.

__,_._,___
Claudia Pessanha | 3 Sep 03:51 2007
Picon

Universidade não pode cobrar mensalidades diferentes para calouros e outros alunos

Galera, dá uma olhada nisso... :D

STJ

Universidade não pode cobrar mensalidades diferentes para calouros e alunos de outros anos

O vice-presidente do STJ, ministro Francisco Peçanha Martins, negou seguimento ao recurso com o qual a Fundação Educacional Unificada do Oeste de Santa Catarina - Unoesc tentava que o STF revisse a decisão que a obriga a reduzir o valor das mensalidades e devolver a quantia paga a mais, retroativa a 1999, a um grupo de alunos do curso de Direito.

A decisão da qual a entidades educacional recorre foi tomada pela Terceira Turma do STJ, que, ao aceitar o recurso interposto por vários estudantes, modificou o entendimento a que chegou o Tribunal de Justiça de Santa Catarina. No recurso, os estudantes contestaram o valor de suas mensalidades, as quais, afirmaram, era superior às cobradas dos alunos matriculados em períodos mais adiantados do mesmo curso. O argumento do grupo é que a cobrança de valores distintos para calouros e veteranos pela prestação do mesmo serviço contraria o princípio constitucional da isonomia e o Código de Defesa do Consumidor ( clique aqui).

A conclusão seguiu o voto da relatora, ministra Nancy Andrighi, para quem nenhum dos dispositivos da Lei nº 9.870/99 (Lei das Mensalidades Escolares - clique aqui) autoriza diferenciar o valor das mensalidades cobradas entre alunos do mesmo curso matriculados em períodos distintos. Ela ressaltou, ainda, que a cobrança das mensalidades dos alunos do mesmo curso só atenderá ao princípio da isonomia se não houver distinção entre o valor cobrado dos calouros e o dos veteranos.

A Unoesc recorreu dessa decisão, tentando levar o caso ao Supremo. Para a entidade, a decisão da Terceira Turma ofende os princípios da isonomia, da inafastabilidade do Poder Judiciário e da autonomia universitária, expressos nos artigos 5° (caput, inciso XXXV) e 207 da Constituição Federal ( clique aqui). Esses dispositivos dispõem, respectivamente, que "a lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário lesão ou ameaça a direito" e que "as universidades gozam de autonomia didático-científica, administrativa e de gestão financeira e patrimonial, e obedecerão ao princípio de indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão".

Ao apreciar o pedido, o ministro Peçanha Martins entendeu que o recurso é inadmissível porque a alteração inserida no Código de Processo Civil ( clique aqui) pela Lei n°. 11.418, de 19.12.2006 ( clique aqui), além de decisão recente daquele tribunal determinam que deve ser demonstrada a existência de repercussão geral para que o recurso extraordinário possa ser admitido, o que não foi feito pela Unoesc.

Processo Relacionado: RESP 674571 - clique aqui


Fonte: Migalhas

--
<at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at>             

           - = Claudia Pessanha = -

Skype: Claudiapessanha
MSN: claudia-pessanha <at> hotmail.com
Gmail: claudiapessanha <at> gmail.com
Orkut: Claudia Pessanha

<at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at> <at>

__._,_.___
Atividade nos últimos dias
Visite seu Grupo
Yahoo! Mail

Conecte-se ao mundo

Proteção anti-spam

Muito mais espaço

Yahoo! Barra

Instale grátis

Buscar sites na web

Checar seus e-mails .

Yahoo! Grupos

Crie seu próprio grupo

A melhor forma de comunicação

.

__,_._,___

Gmane